pop

Sucesso até na China, "House of Cards" estreia 3ª temporada

house of cards
todos os direitos reservados

A esperada terceira temporada de House of Cards chegou ao Netflix. Como já é praxe deste serviço de vídeo on demand, a temporada inteira será colocada à disposição dos usuários de uma vez só. Com muito sucesso, a série tem causado frenezi e foi reconhecida com indicações a prêmios como Emmy e Globo de Ouro. O programa narra a escalada de um político inescrupuloso (Frank Underwood, interpretado por Kevin Spacey) fazendo absolutamente tudo para chegar à presdiência dos EUA.

Veja uma lista de curiosidades sobre a série:

david fincher
todos os direitos reservados

“Não aguenta? Beba leite”

O diretor e produtor David Fincher reuniu todo o elenco em uma sala antes de gravar e mandou um petardo: “Todos nesta sala foram minha primeira escolha. Então, não f… com esta série. Se o fizerem, nunca os perdoarei.”

the wire
todos os direitos reservados

Coincidências com a elogiada série The Wire

1 - As duas séries se passam em Baltimore;

2 - O ator Reg E. Cathey, que interpreta Fred, dono de churrascaria que prepara costelas especiais para Frank Underwood, esteve em duas temporadas de The Wire.

3 - O restaurante Stamper, usado com frequência para jantares de negócios, é uma das principais locações de The Wire. Fincher não sabia e elogiou como o lugar era bom. O dono respondeu: “Ah, sim. a equipe de The Wire filmava aqui três vezes por semana”.

Nada disso seria surpresa se você soubesse que o principal criador de House of Cards, Beau Willimon, afirma que The Wire é sua série favorita de todos os tempos.

kate mara
todos os direitos reservados

Poderosa

A atriz Kate Mara, que interpreta a jornalista Zoe Barnes, teve a palavra final na hora de escolher seu companheiro de diversas cenas, o ator Sebastian Arcelus, que na trama é um repórter que trabalha com Zoe e se apaixona por ela.

michael gill e jayne atkinson
todos os direitos reservados

Vizinhos de gabinete e casal

Os atores Michael Gill e Jayne Atkinson, que interpretam o presidente Garrett Walker e a secretária de Estado Cathy Durant, são casados na vida real. Fincher também não sabia disso.

joel schumacher
todos os direitos reservados

Regras foram feitas para ser quebradas?

Quando o aclamado diretor Joel Schumacher foi convidado para filmar o quinto episódio, ele não tinha visto nenhum dos episódios anteriores da série e quebrou algumas regras de direção impostas por David Fincher. Reza a lenda que no final o diretor durão de “Clube da Luta” e “A Rede Social” acabou adorando as alterações.

Inspiração roubada

Em um episódio, Frank Underwood vira-se para a câmera e diz: “Sabe o que eu amo sobre pessoas? Elas são fáceis de empilhar.” A frase tem duplo sentido em inglês, pois pode se tratar de Frank se definindo como um assassino em massa que empilha cadáveres ou tem uma forma de deixar todas as pessoas fora de ação por meio de uma jogada política que acabara de fazer. Pelo contexto da série e do personagem, não é difícil concluir que a intenção era mesmo deixar o duplo sentido na fala.

O roteirista Beau Willimon é responsável por quase todos os diálogos da série, mas esta veio de Fincher. O diretor contou em público que usou esta frase para responder de forma sarcástica a um produtor que estava incomodando-o no set do seu primeiro filme. Willimon anotou a frase e a encaixou no roteiro quando teve a chance.

Parece hotel, mas é só livraria

O Hotel Cotesworth, onde Claire Underwood (Robin Wright) dá uma festa, é na verdade uma biblioteca em Maryland.

underwood
todos os direitos reservados

Realidade mudando a ficção

Enquanto estava sendo fotografado para cartazes promocionais da série, o ator Kevin Spacey (o protagonista Frank Underwood) teve que segurar uma bandeira pegando fogo e acabou queimando as mãos. Ele teve que usar uma atadura. É por isso que o Underwood convenientemente queima as mãos com café e usa ataduras no episódio 9.

twitter obama
todos os direitos reservados

Fãs de primeiro escalão

Embora mostre o lado sujo da política, principalmente na Casa Branca, a série tem entre seus principais fãs o presidente dos EUA, Barack Obama. Ele chegou a tuitar frases como “Amanhã, House of Cards. Sem spoilers, por favor.”

Grande na China

O plot da segunda temporada foca um pouco a China e não de uma maneira muito positiva. Isso não impediu alguns poderosos do país oriental de se tornarem grandes fãs. O jornal Washington Post relatou que uma grande parte da audiência do Netflix daquele país tem como origem o IP (ID/endereço de acesso à internet, definindo de forma simplista) do governo chinês. Os líderes do Partido Comunista Chinês também se disseram fãs.

Homenagem ao original

No primeiro episódio, Underwood diz: “Agora vocês podem muito bem pensar aquilo, mas, claro, eu não posso comentar.” A frase é uma homenagem à serie original, de origem britânica, dita pelo personagem equivalente a Frank Underwood na trama do Reino Unido.