Fátima revela a parte ruim do namoro com Túlio e é realidade de muitos casais

Em um papo descontraído com Luiza Possi no canal da cantora no YouTube, Fátima Bernardes contou detalhes sobre sua relação com Túlio Gadêlha e revelou uma desvantagem que os dois enfrentam - e que é a realidade da maioria dos casais que vivem separados.

Com a apresentadora vivendo no Rio de Janeiro e Túlio em Pernambuco, os dois cultivam um relacionamento à distância há meses e, assim como muitos pares, encontram algumas dificuldades no dia a dia por conta disso.

Fátima e Túlio: parte ruim de namorar à distância

View this post on Instagram

E olha quem chegou aqui em Sampa 🌷❤️ #eueela

A post shared by Túlio Gadêlha (@tulio.gadelha) on

“Essa não é a situação com que a gente sonha, né? Acho que as pessoas gostam, quando se amam, de estar juntas, mas a vida não é feita de situações ideais”, reflete a apresentadora. Ela afirma, porém, que prefere esse cenário do que estar próxima de alguém que “não vale a pena”.

Segundo Fátima, a parte ruim é que o contato físico não depende apenas da vontade dos dois. "A grande desvantagem é que você não está perto da pessoa quando você deseja, é quando é possível, então isso não é bom", admite.

Ainda de acordo com a jornalista, a rotina tem funcionado até agora, mas não dá para saber se é sustentável a longo prazo. "A gente acaba criando alguns artifícios, algumas maneiras, mas também não sei por quanto tempo isso é viável, né? Eu estou há sete meses nesta situação e está tudo muito bem, está tudo muito tranquilo."

Ao ser questionada sobre o contato que os dois têm à distância, Fátima afirma que eles trocam muitas mensagens, mas que não marcam horários específicos para conversar. “A hora que dá vontade, liga, fala. É muita mensagem. Não tem essa coisa de ‘encontro formalizado’ não. O importante é não ter desencontros”, comenta a apresentadora.

Luiza também pergunta se, quando os dois estão juntos, “se obrigam” a sair, e Fátima nega. “Estar junto é o mais importante naquele momento. Com pizza, com pijama, com saída, com restaurante, com cinema, com o que for”, comenta.

Lado positivo

Apesar de admitir que não ama estar longe do namorado e não saber por quanto tempo a situação se manterá, Fátima garante que ter um relacionamento à distância também tem um lado positivo.

“Tem uma coisa de você manter por mais tempo aquele calor do início de um romance. Acredito que uma pessoa que esteja namorando há sete meses e morando junto ou se vendo toda hora não esteja na mesma situação que eu estou porque você cria uma expectativa para aquela chegada”, explica.

Além desse aspecto, a apresentadora também cita o fato de que, como os dois não estão juntos o tempo todo, aproveitam melhor os momentos que têm lado a lado. “É um tempo de muita qualidade, você não perde tempo com bobagem, não perde tempo discutindo”, afirma. Ela também considera que, em um relacionamento assim, o essencial é as pessoas não se sentirem sozinhas mesmo longe umas das outras.

Assista à entrevista:

Como manter um relacionamento à distância?

Para quem enfrenta a mesma dificuldade de Fátima e Túlio, é possível manter uma boa relação mesmo à distância com algumas dicas:

  1. Evitar a comunicação forçada ou “agendada” é importante porque, assim como mostra Fátima, o ideal é conversar quando há vontade e disponibilidade mútua.
  2. Ter uma relação à distância oferece obstáculos ao casal e isso pode testar a paciência de ambos. Sendo assim, aprender a controlar a ansiedade e evitar cobranças excessivas pode ajudar a não desgastar o relacionamento.
  3. Para diminuir a sensação de distância, uma ideia interessante é a de os parceiros escolherem atividades que possam fazer simultaneamente, como ler o mesmo livro ou assistir ao mesmo filme “juntos”.
  4. No caso de pessoas que vivem muito longe, é interessante cuidar bem das finanças e economizar para que as visitas possam acontecer.

Relacionamentos amorosos e à distância