mulher

Este fator mede quanto alguém te ama e é crucial para a relação dar certo, diz estudo

carinho afeto casal 0117 1400x800
photoagent/Shutterstock

Como cada relacionamento amoroso difere muito em conceitos, preferências e objetivos, não existe uma regra específica para definir a “quantidade de amor” necessária para uma boa convivência a dois, mas um estudo indica que um determinado fator é capaz de medir quanto alguém te ama, além de ser crucial para a relação dar certo.

Como saber se o parceiro realmente te ama

casal apaixonado gestos 1216 1400x800
Geber86/iStock

De acordo com o trabalho, o segredo está na afeição física, ou seja, na demonstração de afeto através de abraços, beijos e outras carícias, aspectos considerados importantes para os relacionamentos românticos.

A troca de afeto, segundo a pesquisa, estaria diretamente associada à satisfação da relação, podendo desempenhar importante papel nos benefícios emocionais e sexuais da vida a dois.

casal dancando juntos 1216 1400x800
wavebreakmedia/shutterstock

Para chegar à conclusão, pesquisadores entrevistaram 295 estudantes universitários (100 homens e 195 mulheres)para examinar a ligação entre afeição física e satisfação de relacionamento, assim como a preferência das pessoas em relação às expressões de afeto.

O estudo incluiu vários tipos de afeto, como massagens, carícias nas mãos, pelo corpo, abraços, beijos no rosto e nos lábios. Com exceção de carinhos nas mãos, cada um dos outros tipos foi associado com maior satisfação na relação. Os participantes também relataram se sentir mais amados quando recebiam as afeições e acreditavam que os carinhos indicavam amor pelo parceiro.

casal feliz companherismo 1216 1400x800
Uber Images/Shutterstock

É preciso ressaltar, no entanto, que o modo como cada pessoa demonstra afeição física varia muito, então são necessários outros estudos sobre o assunto para uma conclusão mais precisa.

Além disso, é bastante provável que diferenças culturais influenciem os resultados. Por exemplo: em muitas culturas, um beijo na bochecha é visto como uma simples saudação, e não como um comportamento que expressa interesse romântico.

Relacionamentos amorosos